Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2018

7 Dicas de uma Monja para sua vida

Olá! Gratidão por ter você aqui! Cláudia Dias Baptista de Souza, ou, como hoje é conhecida, Monja Coen Roshi . Assim como outros pensadores e líderes experientes no mundo, com ela temos uma dose de sabedoria.  Saiba mais sobre a Monja aqui (biografia no site oficial). Selecionei 7 dicas e 7 vídeos da Monja Coen no Youtube, para fazer você refletir, esteja em que momento da vida estiver. A simpatia e o olhar carinhoso dessa brasileira de 70 anos de idade, transmitem muita paz e ensinamentos de vida. Ela que já tem 34 anos de monastério, já foi jornalista, escreveu diversos livros, ministra muitas palestras (algumas transmitidas online), residiu no Japão por anos e hoje está em São Paulo, numa comunidade Zen Budista, adquiriu bastante conhecimento em sua vida. Hoje, muito disso é compartilhado nas redes sociais. Ainda bem! 1 – Como podemos diminuir o sentimento de ansiedade? Quando estamos ansiosos, nossa respiração muda, fica mais rápida e ofega

Uma reflexão sobre "La Belle Verte", o filme

Sabe aquele filme que dá vontade de assistir de novo, e novamente e mais uma vez? Então, eu ainda não sabia como era essa sensação até assistir “ La Belle Verte ”. Apesar de ser um filme de 1996 , e de estar com baixa qualidade de imagem, eu já assisti duas vezes em uma semana. E acredito ser daquele tipo de filme que, quando for assistir novamente daqui uns meses ou anos, aprenderei outras coisas. Afinal, nossa consciência expande, muda e evolui. E com isso nossa visão das coisas também vai mudando. O filme foi escrito e dirigido por Coline Serreau , que também faz o papel de Mila, a personagem protagonista no longa. Trata-se de um filme francês, com um olhar e uma consciência que não se vê em qualquer trabalho. A história Em outro planeta, bem menor do que a Terra, seus habitantes evoluíram a ponto de viverem em plena harmonia com a natureza. Durante a “ Reunião do Planeta ”, eles discutem questões triviais, organizam-se, trocam serviços, mantimentos, etc. É t

Sobre enxergar os sinais

(e sobre ouvir a si mesmo) Olá! Gratidão por você estar aqui! Muitos de nós começamos a revisar os meses que se passaram, quais metas cumpriram, o que foi conquistado, etc, e vem aquela pergunta: e aí, você já encontrou seu lugar? Já tem clareza sobre o que quer fazer? Para quem tem caminhado pelas estradas do autoconhecimento, essa busca é parte da caminhada. Até porque, como já dissemos por aqui no blog, nada é permanente. Você pode muito bem mudar de ideia, de profissão, de cidade, ou do que quiser. Você já se perguntou, se por acaso, aquilo que você tanto procura não está bem na sua frente ? Falando com você? Através dos mais óbvios ou dos mais sutis sinais? Pois é, isso acontece (e muito). Em um texto anterior, falei para vocês sobre ser uma pessoa “ multipotencial ”, de ter vários gostos, e como isso pode confundir nossa mente na busca por um foco. Às vezes, uma simples conversa, uma música, um outdoor e algumas sutilezas podem mudar a sua perspec