Para o carnaval: siga sua intuição

By evoluirjuntos - fevereiro 10, 2018


Olá, gratidão por você estar aqui!

Essa época do carnaval movimenta muitas energias. Muita gente feliz pelas ruas, música, dança, tradições, purpurina e gente de todo o tipo.

No último ano, postamos aqui um texto refletindo sobre a necessidade de se esperar o carnaval para sermos felizes. Muitos usam essa época (inconscientemente) como uma fuga do dia a dia, dos problemas, das mudanças que gostaria de fazer na própria vida mas vive arrumando desculpas para não fazer.

Isso aqui não é um texto “contra o carnaval”, de forma nenhuma. É apenas uma reflexão para as muitas pessoas que simplesmente escolhem não participar da festa. Seja por motivos pessoais, religiosos, ou mesmo por não gostar do clima. Você tem todo direito!

Está tudo bem se de repente você não se sente mais com vontade de participar do carnaval ou se, na verdade, você nunca gostou.

Como eu disse no início, muitas energias se misturam nessa época. Acredite você ou não, nós somos feitos de energia, movimentamos energia, nos nutrimos de energia.

Sabe aquele lugar onde você chega e já acha estranho? Se sente mal ou simplesmente sente que algo está diferente? Pode ser uma festa, uma reunião de pessoas, um show, um templo, a casa de alguém que você não conhecia ainda, uma reunião de família, enfim! Cada um tem uma experiência diferente em lugares diversos. Mas o que estou falando é da sensação.

A intuição sabe quando você precisa ir embora. Ela te cutuca, te incomoda até você pensar “bom, acho que tem algo errado”. E provavelmente já teve alguma situação onde você não seguiu o que estava sentindo, e algo não muito legal aconteceu como uma briga, ou ficar doente, assistir alguma cena desagradável, etc.

Seguir a intuição, ou o coração, é seguir o guia do seu caminho. Aquele pedido que você faz ao Universo, ou a oração que faz na sua fé, é atendida pela intuição.

E se esse pequeno incômodo está te dizendo para não ir ao carnaval, que mal tem nisso?

Não vá apenas porque as pessoas estão indo, ou porque você acha que deve aproveitar a vida enquanto pode, etc. Vá porque está com vontade, porque se sente feliz nessa festa, porque é contagiado pela alegria das músicas, porque ama ver a diversidade de fantasias, de pessoas diferentes e da criatividade que reinam nessa época, porque o trabalho artístico de quem se dedica ao carnaval o ano inteiro te comove, porque isso corre nas suas veias… Enfim, cada um sabe o motivo que tem! E está tudo bem!

Não há problema nenhum em sair e se divertir no carnaval, desde que você siga sua intuição e saiba se proteger do que não lhe faz bem.

Atualmente, ainda acontecem muitos casos de violência, assédio, brigas, e muitas situações de baixa energia nessa época. Mas ao mesmo tempo, a consciência tem aumentado também, como, por exemplo, a campanha do “não é não” e a união das pessoas para evitar casos de preconceito e uso da força contra minorias.



Isso já é um lindo avanço! Mas mantenha em mente que ainda existem pessoas de todo o tipo de consciência pelas ruas no carnaval, e siga o que seu coração mandar.

Não vou entrar aqui no assunto sobre lado espiritual do carnaval, mas deixo uma sugestão de texto do Bruno G. no final aqui da página para quem se interessar.

Como se “proteger”?

(Bem entre aspas mesmo) 😉

1 – Alimente-se bem, com alimentos naturais e nutritivos; 

2 – Tenha bons pensamentos, para manter sua energia elevada;

3 – Medite, tenha esse momento em silêncio com você mesmo e se dê a oportunidade de ouvir sua intuição;

4 – Respeito. Respeite a todos, seja gentil, e essa energia que voltará para você;

5 – Banho de mar recupera energias;

6 – Divirta-se!

*Outra dica muito boa para equilibrar sua energia é utilizar o Reiki, para quem tiver acesso a essa técnica linda.

Para quem não for para a folia, siga as mesmas dicas acima!!!

Um bom livro, boas companhias, contato com a natureza, assistir filmes, cozinhar, praticar esportes, viajar… São muitas as opções! Mas o mais importante é se sentir bem!



Por fim, não espere que as pessoas entendam sua decisão. Simplesmente siga o que acha melhor para você, e procure não julgar o comportamento do outro. Seja gentil. Nós não convencemos ninguém de nada. Não entramos na mente de ninguém. Cada um no seu tempo, cada um entende o que a própria consciência for capaz no momento, e está tudo bem.

Se for de folia, bom carnaval!

Se não for, bom descanso!




Gratidão! Paz e luz!!




Texto do Bruno G.



  • Share:

You Might Also Like

0 comentários