7 dicas da Monja Coen

By evoluirjuntos - julho 18, 2017



Cláudia Dias Baptista de Souza, ou, como hoje é conhecida, Monja Coen Roshi. Assim como outros pensadores e líderes experientes no mundo, com ela temos uma dose de sabedoria.

Selecionamos 7 dicas e 7 vídeos da Monja Coen no Youtube, para fazer você refletir, esteja em que momento da vida estiver. A simpatia e o olhar carinhoso dessa brasileira de 70 anos de idade, transmitem muita paz e ensinamentos de vida.

Ela que já tem 34 anos de monastério, já foi jornalista, escreveu diversos livros, ministra muitas palestras (algumas transmitidas online), residiu no Japão por anos e hoje está em São Paulo, numa comunidade Zen Budista, adquiriu bastante conhecimento em sua vida. Hoje, muito disso é compartilhado nas redes sociais. Ainda bem!

Como podemos diminuir o sentimento de ansiedade?

Quando estamos ansiosos, nossa respiração muda, fica mais rápida e ofegante. Procurar controlar isso é um ótimo primeiro passo. E uma dica valiosa também, é aprender a reconhecer a sua ansiedade, e usá-la de forma benéfica para você e para os outros.



Como não se importar com o que pensam sobre você?

Todos nós já nos preocupamos alguma vez com o que os outros pensam de nos. De acordo com a Monja, há fases na vida onde nós julgamos o próximo (mesmo que inconscientemente) e desejamos que eles seja coerentes com os nossos princípios. E ao mesmo tempo, queremos que nos acolham da maneira que somos.

As fases passam. E isso deixa de ser tão importante. O que não passa, e que nunca deixa de ser importante, é o que você acha de si mesmo.



Gentileza

Aprender um pouco da educação e gentileza da cultura japonesa é muito interessante e enriquecedor.



Onde estamos escondendo o amor?

Nesse mundo globalizado, de correria, de informações rápidas, onde fica a vez do amor? Numa referência a Zygmunt Bauman, estamos vivendo uma modernidade líquida, fluida.



O que faz uma pessoa mudar?

Nada é fixo e nada é permanente. A sensação de controle é apenas mais uma ilusão.



Medo

Não tenha medo do medo. O medo é necessário.



Como desenvolver o amor próprio?

Deixe de lado as comparações. Você é perfeito como você é, e está ainda em transformação.



Gratidão por você estar aqui!

budismo petalas andar

Paz e Bem.

Ana Carolina Reis

  • Share:

You Might Also Like

0 comentários